Como a inteligência artificial pode reduzir as estatísticas de TCO 

Uma ampulheta com a areia caindo. Quando a areia cai ela se transforma em códigos de inteligÊncia artificial

Quando falamos de inteligência artificial (IA) logo fazemos analogias a filmes de ficção científica, robôs e elementos que parecem estar ainda muito distantes da realidade em que vivemos.

Mas esse tipo de tecnologia tem sido aplicada em diversos setores da sociedade como, por exemplo, através do uso de algoritmos para o diagnóstico de doenças, nos sistemas de atendimentos dos hospitais, nos carros autônomos que estão sendo criados pelas grandes empresas tecnológicas do mundo, nos sistemas de reconhecimento de voz, entre outros.

Esse grande avanço tecnológico tornou possível a simulação da inteligência do ser humano através de programações específicas de comandos fazendo com que as máquinas e softwares atuem como facilitadores tanto da rotina das pessoas, como também dos processos industriais e, consequentemente das relações de trabalho.

O uso da inteligência artificial tem sido cada vez mais comum nos ambientes empresariais, e isso tem acontecido porque essa tecnologia é uma importante ferramenta para garantir melhores resultados em diversos processos industriais.

A inteligência artificial se resume a um conjunto de técnicas computacionais e numéricas que funciona como uma grande aliada para redução de custos.

Um dos objetivos de utilizar a Inteligência artificial, é reunir um conjunto de dados gerados por essas técnicas implementadas para identificar padrões, e então tomar decisões a partir desses dados gerados.

A utilização de softwares que imitam, de certa forma, a capacidade analítica do ser humano tornam possível a extração de análises de dados gerados para uma melhor gestão empresarial.

Para se manter no mercado e driblar as adversidades competitivas da economia, ter acesso às informações que a sua empresa gera é fundamental para um crescimento saudável, e que leva em consideração a necessidade de se manter os custos de processos bem alinhados com o orçamento.

Nesse caso, de redução de custos, a inteligência artificial tem um papel essencial porque a sua tecnologia aplicada na predição de demandas, quer dizer, no controle das necessidades de insumos da sua empresa, pode significar diminuição de despesas com fornecimento de matéria-prima, diminuição de gastos com manutenção de estoque e também oferecer benefícios para outros diversos processos empresariais.

O resultado da inserção dessas técnicas agrupadas de inteligência artificial, acaba impactando diretamente na redução do TCO, ou Custo Total de Propriedade.

O Custo Total de Propriedade é um cálculo geral dos custos relacionados a um determinado produto ou serviço. Através do TCO se faz possível compreender os aspectos positivos e negativos que envolvem as operações empresariais.

Essa é uma importante métrica para considerar todos os custos, aparentes e ocultos de produção e determinar os investimentos mais eficientes para o negócio em questão.

Um exemplo claro é se você tem uma marca que vende camisetas, além de considerar os custos óbvios com matéria-prima como tecido, tinta e outros se faz fundamental para a saúde da empresa ter acesso a cálculos sobre seus custos ocultos com luz, água, logística entre diversas questões que podem estar implícitas numa operação. Esse estudo pode ser realizado por softwares de inteligência artificial de maneira prática e efetiva para gerar informação útil para a empresa.

A capacidade da inteligência artificial de gerar e monitorar dados otimiza os tempos de processo e é um facilitador na hora de tomar as melhores decisões para o seu negócio.

A partir do uso desse importante instrumento da tecnologia, as empresas podem calcular o tempo dos processos, quantidade de insumos e mais do que isso, a inteligência artificial permite a identificação de erros e levantamento de informações importantes para um planejamento estratégico mais assertivo. 

Além de utilizar a IA para reconhecer e melhorar os aspectos de gestão interna, é possível também encontrar nesse conjunto de técnicas possibilidades de moldar relações sólidas com clientes. Isso acontece porque com investimentos tecnológicos nessa área, fica mais fácil identificar as demandas dos consumidores, levantar números sobre a eficácia do seu atendimento e entre outras informações relevantes.

A inteligência artificial ainda é pouco utilizada no Brasil, com relação a enorme gama de possibilidades que pode oferecer.

Na indústria já são utilizados medidores de performance, equipamentos e algoritmos que antecipam falhas na produção, e isso reduz os custos com manutenções desnecessárias e otimiza o tempo de trabalho garantindo melhor atuação dos processos industriais.

E você, imagina como a inteligência artificial pode ajudar com os negócios?

Comenta com a gente…