Computação em nuvem: entenda como surgiu e 11 razões para usá-la em seu outsourcing

Computação em nuvem

Cloud Computing ou, aqui para nós (povo azul, verde e amarelo), Computação em Nuvem é o fornecimento de serviços de computação pela internet, sem que haja a necessidade de instalação de programas ou de download de arquivos diretamente no computador.

A computação em nuvem permite que qualquer pessoa, com acesso a internet, possa acessar seus arquivos (músicas, documentos, vídeos, fotos) e utilizar softwares em qualquer dispositivo e, em qualquer lugar do mundo.

Um fator determinante para a explosão da computação em nuvem é o crescimento exponencial de dados. Sendo necessário a criação de soluções para o armazenamento desses dados infinitos, e que eles fiquem guardados de forma segura mas que ao mesmo tempo o usuário tenha acesso fácil.

Apesar do termo ter se tornado popular há pouco tempo, a computação em nuvem não é tão novinha assim.  Ela tem alguns bons e longos anos em sua bagagem.

Os primeiros marcos do nascimento da computação em nuvem foram há mais de 50 anos.  O conceito desta solução tecnológica surgiu com dois americanos (John McCarthy e Joseph Carl Robnett Licklider).

Em 1960 John McCarthy falou sobre a sua ideia de que a computação fosse oferecida como um serviço público (a exemplo da água, luz, esgoto). Sendo que só se paga pelo que foi consumido.

McCarthy também já pensava e estudava as hipóteses de um computador ser compartilhado. Ou seja, utilizado de forma simultânea por mais de um usuário.

John McCarthy ficou conhecido como o “pai da inteligência artificial”. E, em 1961 os estudos resultantes destas ideias deram vida ao conceito “Utility Computing” (computação sob demanda, em livre tradução).

Em 1962 o físico Joseph Carl Robnett Licklider buscava e estudava novas formas de utilizar o computador. Ele imaginava a computação em forma de uma rede global. E em meio a sua pesquisa e testes ele desenvolveu a Arpanet, conhecida como a “mãe” da internet, que ligava as bases militares com os departamentos do governo.

As ideias de John McCarthy e Joseph Carl Robnett Licklider nunca foram esquecidas. E, os primeiros usos foram em processamentos de transações financeiras e dados de censo.

Até que nos anos 90 o termo computação em nuvem foi cunhado pelo então professor de sistemas de informação, Ramnath Chellappa, durante uma palestra acadêmica.

Ramnath Chellappa explicou, em 1997, utilizando figuras de linguagem, que a internet era como uma nuvem. Que ela estava no ar.

John McCarthy, Joseph Carl Robnett Licklider e Ramnath Chellappa
John McCarthy, Joseph Carl Robnett Licklider e Ramnath Chellappa

O Cloud Computing começou a gerar muita especulação e ganhou força nos anos 2000. Período em que vários desenvolvedores começaram a criar sistemas com o conceito em nuvem e comercializá-los. Empresas começaram a trocar o hardware por serviços em nuvem.

Vantagens e Benefícios de um Sistema em Nuvem

As vantagens e os benefícios proporcionados pela computação em nuvem são inúmeros. Mas, talvez, o mais importante de todos seja a execução de sistemas e o acesso a dados e informações por meio de servidores remotos.

Um sistema em nuvem para outsourcing de impressão pode agilizar processos e facilitar a realização de muitas ações e atividades rotineiras.

Veja aqui:

 11 razões para você começar a usar a computação em nuvem no seu outsourcing de impressão agora mesmo

☁️ Redução de custos

O serviço de um sistema em nuvem é muito mais barato e enxuto. Ele elimina o gasto com a infraestrutura (compra de hardware e a instalação de softwares em datacenter locais). A empresa desenvolvedora aluga o serviço de acordo com a sua demanda. Se no meio do caminho surgir a necessidade de aumentar ou diminuir o serviço, o ajuste do plano é automático.

☁️ Mais segurança para seus dados

As informações armazenadas em servidores de sistemas em nuvem são criptografadas, mantendo seus dados a salvo de ameaças virtuais. Além disso, as empresas desenvolvedoras de softwares em nuvem agendam backups automáticos, salvando todas as informações em uma segunda (ou mais) via, a qual também é armazenada de forma segura.

☁️ Atualizações automáticas

Os sistemas em nuvem são atualizados regularmente, sem interromper o fluxo do seu trabalho. Os upgrades acontecem sem a necessidade do seu acompanhamento. Sempre que novas versões do sistema forem disponibilizadas um aviso será enviado, comunicando você sobre a atualização.

☁️ Acesso remoto

Com um sistema em nuvem colaboradores que trabalham de forma remota, em home office ou ainda, aqueles que viajam muito e passam longos períodos fora do escritório podem ter acesso em tempo real a todas as funcionalidades e acessar as informações e suas atualizações.

☁️ Flexível e Escalável

Os benefícios dos serviços da computação em nuvem incluem a capacidade de dimensionamento elástico. Na grande maioria, os sistemas em nuvem são construídos em módulos, dando total flexibilidade para você escolher quais são os recursos que precisa utilizar.

☁️ Interfaces intuitivas

As plataformas e as interfaces dos sistemas em nuvem são amigáveis e intuitivas. Assim o sistema facilita o entendimento das funções e ferramentas ao usuário, onde todos os comandos e ações são apresentadas de forma prática.

☁️ Controle e acompanhamento

Para ter maior controle do que acontece, os sistemas em nuvem registram todas a modificações, alterações ou novas movimentações que acontecem nos arquivos e dados. Assim você pode buscar um histórico e ver detalhadamente o que foi feito, alterado, ajustado ou incluído.

☁️ Velocidade

Um sistema em nuvem possibilita maior agilidade, seja nos processos internos ou com o atendimento ao cliente. Os servidores garantem velocidade e agilidade na busca e entrega das informações. Uma consulta no sistema ou uma solicitação podem ser fornecidos em poucos instantes.

☁️ Integrações simplificadas

A integração entre dois ou mais softwares é muito mais simples e fácil de fazer quando ele está baseado na nuvem. Diversas soluções já tem compatibilidade entre sistemas, facilitando a integração e a troca de dados entre eles.

☁️ Produtividade e desempenho

O Cloud Computing otimiza o tempo, fazendo com que as atividades ocorram de forma mais acelerada e produtiva. Dessa forma o tempo pode ser melhor trabalhado e investido em ações e tomadas de decisões que ampliem e façam a empresa prosperar e crescer.

☁️ Dados da IoT 

A IoT (internet das coisas) já está gerando uma infinidade de dados, os quais precisam estar assegurados em um servidor rápido e seguro. A computação em nuvem garante espaço suficiente para o armazenamento desses dados infinitos. Além dos sistemas em nuvem conseguirem cruzá-los e processá-los gerando informações concretas e segmentadas.

Vimos aqui de forma breve e simplificada a história da computação em nuvem, quais são seus principais benefícios e quais vantagens esta solução tem a nos dar.

Deixe seu comentário e lembre-se de se cadastrar na NewsWayy, assim sempre que uma nova publicação for feita aqui no blog você será informado.

Convite para assinar a NewsWayy.