Conversa com Especialista – Superando a crise do COVID-19 com o outsourcing de impressão

Fotografia de Julio Cesar de Paula e logotipo da empresa Rental Tech. A imagem ilustra a conversa com especialista em outsourcing de impressão.

Especialista em outsourcing de impressão, Julio Cesar de Paula, diz que, “Não podemos nos dar ao luxo de esperar as coisas se assentarem, não espere o novo chegar ao seu mercado, seja você o novo, é assim que pensamos aqui!” e, deste modo, vamos superando a crise, com inovação, criatividade e muita força de vontade. 

Esta é a 8ª edição da Conversa com Especialista, iniciativa do Blog da PrintWayy que cada vez fica mais popular entre as empresas provedoras de outsourcing de impressão: aqui apresentamos pontos de vista, discutimos ideias, dividimos experiências, exploramos tendências, entendemos conceitos e refletimos sobre o mercado. 

Os convidados, profissionais de sucesso, tem aqui a oportunidade de ajudar seus colegas de mercado no processo de aprendizagem e mostrar os erros e os acertos de quem tem uma grande carreira no outsourcing de impressão. 

Nesta edição colocamos em pauta a crise mundial ocasionada pelo COVID-19. Foi a partir do mês de março/2020 que o setor econômico começou a sentir fortes impactos negativos, isso devido à pandemia que se alastrou e, por obrigação, fez todo o mundo se recolher em suas casas. 

Julio Cesar de Paula, o especialista convidado desta edição é CEO na Rental Tech (empresa que disponibiliza serviços de infraestrutura de TI com a locação de computadores, equipamentos para apresentações audiovisuais e cenografia, abrangendo também os serviços em outsourcing de impressão), focado em entregar experiências positivas e em criar relacionamentos duradouros com os clientes e parceiros comerciais. 

Júlio conta aqui, nesta conversa, como o outsourcing de impressão, entre todas as demais ofertas da empresa, foi o que lhe deu suporte financeiro para superar a crise.

QUER SABER O QUE OS ESPECIALISTAS EM OUTSOURCING DE IMPRESSÃO TEM A DIZER? 

Venha descobrir aqui com a gente:

Julio Cesar de Paula – CEO na Rental Tech 

Superando a crise do COVID-19 com o outsourcing de impressão

Imagem de mini currículo de Julio Cesar de Paula, especialista em outsourcing de impressão.

PrintWayy: Olá Julio, é um prazer enorme poder conversar com você e compartilhar a sua experiência de mercado com todos os leitores do nosso blog. Eu vi em seu perfil no Linkedin que você está à frente da gestão da Rental Tech há 10 anos, conte-nos mais sobre a sua experiência profissional e, é claro, fale mais da Rental Tech!

Julio Cesar de Paula: Gratidão ao convite da PrintWayy para compartilhar o que mais gosto, experiências. Com certeza irei aprender muito neste bate-papo com vocês também! A Rental Tech surgiu em 2008 quando um amigo me perguntou se conhecia alguém que alugava projetor, pois um cliente dele precisava, fiquei curioso e fui pesquisar, encontrei informações interessantes sobre locação de equipamentos e resolvi que seria um mercado a explorar, desde então venho trilhando um caminho de muitos aprendizados com negócios, clientes, pessoas e inovação constante. 

 

Em 2008 iniciamos com locação para eventos, em 2011 incluímos a locação de notebooks e desktops, em 2012 a locação de impressoras, em 2015 fizemos aquisição de um concorrente no segmento de impressão e passamos a trabalhar com o outsourcing, ampliando ainda mais em 2017 quando fizemos uma segunda aquisição no mercado de outsourcing e por fim consolidamos em 2018 com aquisição de uma empresa de eventos.

 

Atualmente temos como regra a cada ano lançar um serviço ou um complemento novo para incrementar nossas soluções e assim manter um crescimento sustentável.

PW: Então, o outsourcing de impressão não foi o primogênito da Rental Tech, ele pode ser considerado um filho “temporão”? Gostaria de entender como surgiu o interesse pelo mercado de locação de impressoras e como ele agregou no portfólio de serviços oferecidos.

JCP: Exato, desde o início tinha em mente que uma empresa não pode depender apenas de um serviço ou de um cliente, é necessário ter diversificação. O outsourcing de impressão veio preencher uma lacuna onde poderíamos aproveitar a mesma estrutura, os mesmos clientes para ampliar receita, até pelo fato de já termos notebooks e desktops, além do mercado ser deficitário em termos de entrega de experiência positiva e agradável aos clientes.

 

Atualmente nosso negócio está 50% em cada área, eventos e outsourcing, com isso conseguimos escala e amplitude dentro dos clientes.

PW: Julio, você acredita que a diversidade de nichos pode ser uma boa estratégia de mercado? Sabemos que muito se diz por aí que é melhor manter o foco em um nicho específico, assim podendo ter uma estrutura mais enxuta e desprender atenção total a uma só coisa. A Rental Tech, como pode-se ver, vem em contramão disso, atuando em nichos diversificados. 

JCP: Acredito e muito nessa estratégia, neste momento empresas que possuem apenas um serviço, como agências de turismo e eventos estão passando por sérias dificuldades e podem inclusive serem extintas, nós mesmos estamos com a área de eventos com zero faturamento desde março quando a COVID-19 apareceu.

 

No segmento de investimentos existe dois fatores: risco não sistemático e risco sistemático, enquanto o primeiro trata de riscos por problemas na economia global o segundo trata de riscos em apenas um segmento específico, trago isso para os negócios e com a diversificação consigo reduzir e muito os efeitos de eventuais crises em nossos negócios. 

 

É possível diversificar e ter alta performance em várias áreas, o segredo está nas pessoas, cuide muito bem dos seus funcionários e eles cuidarão ainda melhor dos seus clientes, por consequência o resultado vem.

PW: Durante o pico da pandemia do COVID-19 tivemos muitas restrições, isso impactou o setor de eventos e logo vejo que a locação de equipamentos para eventos chegou a sua redução total. E o outsourcing de impressão, como o setor se comportou?

JCP: Realmente o setor de eventos parou em março e será o último a retomar, já o outsourcing retraiu em termos de novos negócios, as empresas recuaram e postergam decisões neste serviço, em termos de páginas impressas sofremos um impacto até agora em torno de 20% de redução nas impressões feitas pelos clientes, o que reflete é claro no faturamento, somado às solicitações dos clientes para ajustes de pagamento tivemos uma redução de 30% no faturamento. Para combater essa redução de receita estamos buscando lançar novos serviços e soluções em todas as áreas da empresa, até agora são 07 novos serviços que iniciaremos a oferta agora em junho.

PW: Focando apenas nos serviços de impressão, você pode dividir com a gente quais foram as medidas tomadas pela Rental Tech para dar apoio aos seus clientes?

JCP: Na primeira semana de home office, por volta do dia 20 de março pedi aos colaboradores do departamento comercial para ligarem para todos os nossos clientes e perguntar como estavam de saúde, como estava sua operação e nos colocando à disposição para ajudar. Desde então recebemos alguns pedidos de flexibilização nos pagamentos os quais negociamos todos, porém sem parar o atendimento técnico, pois entendemos que as impressoras são vitais para o trabalho em algumas empresas.

PW: Com relação aos colaboradores, a equipe técnica especialmente, como está acontecendo as visitas de manutenção e de reposição de suprimentos, por exemplo? Como a rotina foi afetada?

JCP: A princípio buscamos otimizar ainda mais a logística para reduzir custos, mas sem impactar o SLA que temos acordado com os clientes, assim conseguimos manter a mesma experiência positiva aos clientes, em paralelo implantamos os protocolos de segurança necessários para reduzir os riscos ao time técnico.

PW: Que dicas você pode dar aos seus colegas de outsourcing de impressão, para que eles consigam superar este período sem maiores prejuízos?

JCP: Vejo muitas recomendações em termos de renegociação com fornecedores, revisão de custos fixos e variáveis além de validar a rentabilidade dos contratos. 

 

Mas, a minha sugestão vai na linha de planejamento: gastem tempo traçando cenários possíveis, chamo aqui de P1, P2 e P3, onde P1 é nosso planejamento lá de janeiro/2020, no início da COVID-19 fizemos o P2 para um período de 03 meses, elaboramos também o P3 para um horizonte de 06 meses, agora já estamos no P4, um planejamento até dezembro/2020.  

 

Formar um comitê anticrise também ajuda muito, vários pontos de vista ajudam a criar saídas inteligentes para a crise.

PW: Julio, e com relação aos fornecedores e parceiros comerciais de vocês, houve alguma medida tomada e anunciada por eles e, vocês buscaram alternativas para redução de custos ou fazer a negociação de prazos de pagamentos? 

JCP: Sim, em todos nossos parceiros tivemos ações ligadas a flexibilização de pagamentos, a recepção de todos foi muito positiva pelo fato de termos antes de tudo explicado os motivos e pedido auxílio, não tentamos em nenhum momento impor algo, até porque do outro lado existem famílias e pessoas que dependem indiretamente de nós, com isso todos mostraram-se solidários e com isso o verdadeiro significado da palavra PARCERIA. 

PW: Pensando na retomada que deve acontecer após a crise, que tipo de inovação ou adaptações você acredita que as empresas de outsourcing de impressão precisarão fazer, para que seus negócios fluam e estejam preparadas para as mudanças no comportamento do consumidor?

JCP: Melhorar a gestão como um todo, afinal muitas empresas ainda são ineficientes, revisar todos os contratos e se for necessário renegociar com os clientes para ter uma operação saudável, criar soluções que vão além do papel impresso, como serviços de GED por exemplo, um exercício interessante que dá para se fazer é criar uma empresa nova que poderia vir a matar seu negócio, com isso naturalmente terão respostas de como seguir após a crise.   

PW: Em um momento onde reduzir custos é uma questão de sobrevivência para muitas empresas, como o outsourcing pode colaborar com essa redução?

JCP: As empresas de outsourcing precisam entender que o modelo de cobrança por franquias não vai levar redução de custos aos clientes, pelo contrário, levará a redução de faturamento visto que o serviço virou commodities e muitas vezes o cliente parece entender mais de impressoras que nós, afinal ele envia um cenário e quer o preço dentro do que ele acha ser o ideal. 

 

Levar soluções onde o cliente pague pelo que realmente usa, reduzir ao máximo a quantidade de equipamentos e ajudar o cliente a criar uma cultura de não impressão são a chave para ajudar as empresas a efetivamente reduzir custos. 

PW: Depois que tudo isso passar e as coisas se assentarem, a Rental Tech planeja expandir a atuação em outsourcing de impressão?

JCP: Com certeza e, já estamos trabalhando agora para isso, temos um plano de expansão da empresa como um todo em andamento além de novos serviços. 

 

Não podemos nos dar ao luxo de esperar as coisas se assentarem, não espere o novo chegar ao seu mercado, seja você o novo, é assim que pensamos aqui!

PW: Julio, em nome da PrintWayy agradeço a sua participação aqui na Conversa com Especialista. Parabenizo a Rental Tech pelos serviços prestados, já que nós também somos seus clientes, uma vez que já locamos equipamentos para um evento em SP. Deixo livre para suas considerações finais.

JCP: Agradeço pela troca de experiências, realmente temos uma parceria de longa data e tenho plena convicção que será por muito tempo, tenho grande admiração pela Printwayy e pela proximidade com seus clientes e parceiros. O momento é complicado, mas vai passar e podemos aprender muito com tudo isso para sermos melhores. 

 

Para encerrar compartilho uma reflexão a qual gosto muito, do livro A Arte da Guerra, ela pode e deve ser usada antes da crise, mas nunca é tarde para iniciar algo:

 

Planeje o difícil enquanto for fácil e faça o grande enquanto for pequeno. Sucesso a todos e se cuidem!

Se quiser conhecer outras boas conversas que tivemos com especialistas, acesse esta seção aqui no #BlogDaPrintWayy ou, clique aqui e vá direto.

Template exclusivo e gratuito com modelo de proposta comercial!

Desenho de uma impressora em tom de azul com texto do título da publicação.

Lançamos, recentemente, um template exclusivo com um Modelo de Proposta Comercial. Você pode usá-lo, após a edição e personalização, para apresentar a sua empresa e a sua oferta de serviço para os clientes em prospecção. Receba o template em seu email, clique na imagem aqui em cima e preencha o formulário!