Economia Colaborativa e a Cultura do Outsourcing

Economia colaborativa e outsourcing de impressão

A forma como nos comportamos e agimos em sociedade vem evoluindo e se transformando. E isso também acontece com os nossos hábitos de consumo. Com o passar do tempo fomos mudando a forma como adquirimos bens e serviços.

O escambo, como era conhecido a ação de trocar produtos e mercadorias, foi alterado para compras independentes e solitárias. Formando um mundo extremamente consumista e acumulador.

Hoje, já com outro nome, o escambo voltou. Chamado de economia colaborativa, compartilhada ou em rede está renovando a maneira como o consumo se apresenta.

A economia colaborativa vem com uma nova percepção de mundo – deixar de adquirir o item ou o serviço para alugá-lo pelo tempo de uso. 

O consumo colaborativo reduz o acúmulo e gera uma maior utilização de objetos obsoletos, que poderiam estar parados em prateleiras ou esquecidos em algum canto escuro de um quarto. 

Hoje é possível ver o crescimento de empresas que adotam a economia colaborativa nas suas práticas, pois ela também colabora na redução dos custos fixos e cria uma consciência sustentável e de renovação.  

Novas terminologias também foram criadas, para envolver um número maior de pessoas e empresas, como o: crowdsourcing, outsourcing, SaaS (software as a service), co-criação, digitalização de serviços e o gerenciamento de recursos e informações.

Essas mudanças de comportamento e hábitos de consumo não ocorrem por acaso, elas vieram com a necessidade de acesso rápido e baixo custo de produtos e serviços, facilitadas pela internet e novas tecnologias. 

Com esse facilitador e essas necessidades, criaram-se diversas ideias. Uma delas é a dos quatro estudantes que durante uma conferência de design, sabendo que os hotéis estavam lotados, alugaram sua sala, cozinha e quarto com um colchão de ar. No fim da conferência haviam desenvolvido a primeira versão da plataforma Airbnb

A economia colaborativa está em todo lugar. Uber, OLX, TripAdvisor, Kickstarter, Waze e outras gigantes chegaram para ficar. 

A cada dia que o futuro se aproxima priorizamos mais o usar ao ter. 

Mas, o que é a economia colaborativa? É uma nova forma de pensar!

economia colaborativa

Essa necessidade de utilizar algo que precisamos como serviço ao contrário de comprar o produto existe há muito tempo, e vem se refinando conforme nossa cultura consumidora evolui.

Outsourcing de Impressão é uma forma de economia colaborativa

Em 1940 a indústria dos EUA estava completamente focada na produção de armamentos em massa. A necessidade de cada empresa se concentrar em sua atividade-fim era vital para o fim da guerra. Nesse período iniciou-se o conceito de outsourcing. Empresas contratavam outras empresas para efetuar atividades que não estavam alinhadas com seus objetivos.

Por volta dos anos 90, com a globalização e expansão do mercado americano, foi difundido a ideia de outsourcing.

No Brasil, nos anos 2000 explodiu a necessidade de existir uma fonte externa para gerenciar as impressoras. O aumento da complexidade das novas tecnologias de impressão, a necessidade de reduzir custos e maior eficiência do atendimento técnico fez com que o mercado necessitasse terceirizar este tipo de serviço.

As empresas não viam mais o porquê manter uma equipe de técnicos especializados em impressoras, comprar e manter os equipamentos de impressão. Não valia a pena, elas poderiam alugar os equipamentos e o serviço técnico.

Com o tempo esta ação de locação de impressoras ficou conhecido como outsourcing de impressão. Sendo outsourcing literalmente traduzido como fonte externa, ou a terceirização de serviços de impressão.

Outsourcing não é um termo recente como a economia colaborativa. Porém traz consigo a conceitualização de facilitar e democratizar processos desde a sua concepção.

Hoje vemos um número maior de empresas que oferecem esse modelo de negócio em diversos segmentos de mercado. Algumas áreas que se destacam são a terceirização de mobílias para escritórios, serviços de outsourcing contábil e a terceirização de maquinários agrícolas em regiões rurais.

O que esperar do futuro?

A economia compartilhada está em um frenético ritmo de crescimento. De acordo com um estudo da consultoria britânica PWC, a economia colaborativa movimenta atualmente, no mundo, US$ 15 bilhões por ano.

E, a perspectiva é de que essa cifra chegue aos US$ 335 bilhões no ano de 2025. 

Seria precoce falar que documentos impressos estão se tornando obsoletos. Mesmo com o advento da era digital, em média, segundo a Gartner,  uma empresa imprime 70% dos documentos utilizados e 90% das empresas não sabem quanto gastam com impressão. 

E mesmo os documentos digitalizados devem ser gerenciados de uma forma centralizada e segura com softwares de GED (gerenciamento de documentos). 

Em média uma empresa imprime 70% dos documentos utilizados e 90% das empresas não sabem quanto gastam com impressão. Gartner

Economia colaborativa e outsourcing são termos que irão aparecer em destaque nos canais de comunicação daqui pra frente. O nível de complexidade de produtos tende  a aumentar, e a opção de possuir algo é banalizada.

Por isso fique por dentro do que temos a dizer sobre outsourcing de impressão aqui no Blog da PrintWayy. Melhores práticas, benefícios e como ser eficiente. 

Assine a NewsWayy e até a próxima!

Convite para assinar a NewsWayy, a newsletter da PrintWayy.