Desvendando mistérios: o real significado do segundo Y da PrintWayy

PrintWayy

Neste mês de Junho a PrintWayy comemora 05 anos de fundação. E, para celebrarmos esta data querida junto com você, junto com todos os clientes e usuários PrintWayy, além de toda comunidade que acompanha o Blog e nossas páginas nas mídias sociais, vamos desvendar um grande mistério.

O segundo Y do nome da PrintWayy, seguidamente, causa debates. Diversas suposições são dadas e teorias da conspiração aparecem. Para mostrarmos à você algumas dessas teorias e hipóteses, fizemos uma enquete com os nossos colaboradores e usuários.

O QUE VOCÊ ACHA QUE O SEGUNDO Y DA PRINTWAYY QUER DIZER?

Esta foi a dúvida levantada na pesquisa. E, bem, recebemos diversas respostas criativas e muito interessantes. Separamos 05 respostas (já que estamos fazendo 5 anos). Acompanhe:

As 05 melhores teorias da conspiração sobre o real significado do segundo Y da PrintWayy

PrintWayy

PrintWayy

blog_agamenon

PrintWayy

PrintWayy

Você há de vir a concordar que criatividade e genialidade não faltam para os “estudiosos” do segundo Y da PrintWayy. Não podemos deixar de mencionar que também recebemos algumas respostas à pergunta da enquete contendo elementos que fazem parte da composição, ou melhor, da inclusão deste tão famoso e misterioso Y.

Antes de continuar e começar a esmiuçar este grande mistério, queremos agradecer à todos que dedicaram seu tempo e participaram da nossa enquete. Todas as respostas recebidas foram incríveis e nos deixaram de queixo caído de tão surpreendentes que foram.

A criação do nome PrintWayy e a inclusão do segundo Y

De acordo com os fundadores da PrintWayy, Max Mendes Rosa e Hernani Alves Melo, o segundo Y foi adotado como uma opção para a criação de uma nova palavra, para assim poder representar genuinamente o nome, a cultura e a alma da startup que estava nascendo.

“Foi escolhido dobrar esta letra porque eu e o Hernani somos da geração Y.  Também porque, mesmo antes de termos o produto, o modelo de negócios, ou o nicho de mercado definidos, uma coisa já era certa: iríamos criar uma empresa com a cultura baseada na teoria Y, onde as pessoas que formassem o time tivessem autonomia, propósito e se sentissem motivadas no trabalho.”

Max Mendes Rosa

Bem, aí está a resposta! Temos um Y duplo e ele tem um valor enorme na cultura organizacional da PrintWayy. O Y é o representante de uma mudança de milênio, de mindset e de uma forma de evolução. O Y é direcionador comportamental da gestão e dos líderes e, de todo o time.

Se você não conhece a teoria Y e quer saber um pouco mais sobre esta geração que dá o que falar, continua aqui com a gente que vamos esmiuçar este segundo Y tão poderoso!    

Conhecendo a Teoria X e Y

A teoria do X e Y da administração apresenta dois perfis diferentes de personalidade. Criada pelo professor, psicólogo social, cientista do comportamento na administração e economista americano Douglas McGregor na década de 1960 foi divulgada por meio de seu livro “The Human Side of Enterprise”(O Lado Humano do Negócio).

A teoria de McGregor é uma das mais conhecidas na área da administração comportamental, que norteia as relações entre as empresas e seus colaboradores.

O lado X é baseado na teoria tradicional, mecanicista, estática, negativa, pragmática e derrotista.

A parte Y baseia-se nas concepções modernas a respeito do comportamento humano que retrata o homem como criatura auto-ativadora, interiormente controlada e ambiciosa, desejosa de responsabilidade.

O mistério do segundo Y da PrintWayy

Aquela galera que deu um bug no milênio

Também conhecida como millennial, a Geração Y é filha da Geração X e neta dos Baby Boomers.

Formada por pessoas nascidas nas décadas de 80 e 90 e que nos dias de hoje têm idade entre os 25 e 35 anos. Esta galera que deu um bug no milênio cresceu e se desenvolveu junto com a internet e com a transformação do mundo em uma grande aldeia, ou rede, global.

O nome Geração Y foi usado pela primeira vez em um artigo na Ad Age em 1993 (revista de publicidade e propaganda Norte Americana) e apresentava os hábitos de consumo dos adolescentes da época. A justificativa dada no artigo publicado foi a de que já que estes adolescentes eram filhos da Geração X, eles seriam, obviamente, os Y, que é a próxima letra do alfabeto (dando continuidade a este pensamento, também temos a Geração Z) .

Já, o termo millennial, foi criado pelos sociólogos Neil Howe e William Strauss e publicado no livro Millennials Rising: The Next Great Generation em 1999.

Para definir a Geração Y, ou millennial, compartilhamos o conceito apresentado na pesquisa desenvolvida pela MindMinners: Estudo de gerações – Visões sobre o trabalho, tendências sociais e comportamento.

Geração Y

Os Millennials foram criados num tempo de grandes avanços tecnológicos e enxergam o uso da tecnologia como algo necessário, tanto no meio pessoal quanto no acadêmico e profissional. É uma geração que está em busca de informação e de novidades constantemente e que de forma geral apresenta um posicionamento político e social mais liberal do que as gerações que a antecedem. Por conta da facilidade com a tecnologia, eles têm uma relação com a comunicação diferente das gerações anteriores, e são bastante ligados às redes sociais.

Não bastasse o Y da teoria de McGregor, temos aqui o Y da geração dos fundadores da PrintWayy e de 90% dos colaboradores. Os 10% que completam o time fazem parte da Geração Z – nascidos no começo dos anos 2000.

Por ser tão diferente da geração passada, a Geração X, os millennials acabaram tendo o seu perfil comportamental estereotipado. Mas vale aqui lembrar que assim como os millennials são diferentes do pessoal lá da Geração X, estes mesmo da Geração X são extremamente diferentes da galera da Geração Baby Boomer.

Em publicação em seu blog, a HSM define os Ys como uma geração de visionários e que, apesar deles gerarem muita polêmica por causa do seu perfil transformador, é possível dizer que eles serão grandes líderes e trarão consigo a mudança do mindset, de mercado e de cultura organizacional.

“Sem dúvida é uma geração de visionários! Eles estão sempre com os braços abertos para acolher a inovação, não têm medo de arriscar – ou melhor, de falhar – e se for preciso recomeçam do zero. Eles adoram um bom desafio, são seres inquietos, e por mais que andem sempre ocupados com suas ideias mirabolantes, visam muito a qualidade de vida.

São profissionais altamente adaptáveis, estão sempre dispostos a realizar o que os outros acham impossível, e além disso, são pessoas socialmente conscientes, interessados ​​em ganhar a vida e fazer a diferença no mundo. Devido a todo esse Mindset, esperam trabalhar em empresas que sejam flexíveis, eficientes e socialmente responsáveis.

De várias maneiras específicas, os Millennials trazem uma nova perspectiva para a própria ideia de liderança – não apenas no local de trabalho, mas também na sociedade em geral, e talvez eles sejam um dos principais responsáveis pela mudança na cultura organizacional de muitas empresas hoje em dia.”

HSM – Millennials e liderança: o que podemos aprender com essa nova geração de profissionais

O estudo “Jovens Digitais: Geração Transformadora”, também realizado pela MindMiners em parceria com o Centro de Inteligência Padrão (CIP), trouxe vários insights e algumas curiosidades sobre os millennials. Veja só:

  • 51,4% gostariam de ter um negócio próprio ou trilhar o caminho do empreendedorismo;
  • 39% trabalhariam em empresas de tecnologia;
  • Apenas 3% consideram que as empresas não são importantes para a sociedade;
  • 53% defendem que a satisfação dos funcionários é o principal valor a ser seguido pelas empresas;
  • 45% acham muito importante o uso de mensagens instantâneas no trabalho;
  • 74% avaliam que ter um smartphone é fundamental;
  • 64% consideram que o bom salário é uma prioridade no momento em que buscam trabalhar para uma empresa;
  • 76% julgam que possuir um plano de saúde é importante.

Em um outro estudo (conduzido pela PayScale e Millennial Branding com mais de 500 mil americanos com idades entre 19 e 29 anos) foi revelado que este público não é atraído para criar uma carreira profissional em grandes e tradicionais empresas. Eles preferem novos modelos de negócios, como as startups, que tem uma cultura organizacional flexível e de acordo com os seus próprios valores.  A Geração Y também é caracterizada por ter um perfil mais curiosos (com relação às características das outras gerações), buscam soluções rápidas e simples e são altamente ligados a tecnologia.

Nós somos a PrintWayy – com dois Y e muito orgulho!

Estamos mais altos. Mais fortes. Mais experientes. Temos muito mais histórias. Amigos. Parceiros. Mas, continuamos em fase de crescimento. De expansão. Rompendo barreiras. Ultrapassando fronteiras.  Hoje temos 5 anos, e um futuro imenso pela nossa frente.

Parabéns para a PrintWayy! Parabéns para nós (eu e você), que somos a PrintWayy!


PrintWayy