Proteção de dados: aqui estão 07 dicas para deixar sua empresa mais segura

por | maio 30, 2022 | Variedades

Ilustração de um sistema interligado.

Estamos quase completando 02 anos desde a entrada em vigor da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, nº 13.709/18, e todas as empresas precisam promover mudanças para se adequarem a ela. 

A lei versa sobre segurança de dados dentro dos negócios, os quais devem possuir políticas transparentes sobre uso, coleta e armazenamento de dados pessoais, para que não ocorra vazamento ou uso indevido.

Já mostramos a você de que maneira as empresas como a PrintWayy devem se devem adaptar, e como nós realizamos essa adequação aqui, por meio da publicação [LGPD] Implementando a Lei Geral de Proteção de Dados na PrintWayy:

Um distintivo ilustra a proteção de dados da LGPD.

No entanto, mesmo após esse período que a lei já está sendo aplicada e passível de punições, as empresas, principalmente as pequenas, ainda lutam para se adequar quanto a ela.

Uma matéria publicada pela Exame trouxe a fala de uma consultora do Sebrae-SP, Viviane Ez Zughayar, a qual elencou a falta de conhecimento como um dos fatores que leva dificuldade para colocar em ação, e ainda disse:

“Os empreendedores precisam tomar conhecimento das novas regras e entender que, especialmente quando analisada no longo prazo, a adequação à nova lei, embora tenha custos, representa um investimento para as organizações, pois mitiga os riscos e impede as autuações”.

E também, em pesquisa realizada pela PMG Academy com 2.700 participantes, publicada em seu site em 2021, revelou ainda alguns dados acerca da adaptação das empresas à LGPD, e grande parte acredita haver dificuldades em obedecer às novas regras: 

Gráfico referente à pesquisa com temática LGPD produzida pela PMG Academy.

Fonte: Pesquisa PMG Academy

Todas as medidas que devem ser tomadas pelo negócio podem variar de acordo com o seu tipo, no entanto, existem algumas boas práticas de proteção de dados e privacidade que facilitam bastante o processo. Por isso, vamos à elas!

Boas práticas para realizar proteção de dados na sua empresa

  • Realize um mapeamento de dados

Aqui estamos falando sobre uma das essências da LGPD, que é conhecer o ciclo de vida dos dados que você possui, compreendendo por onde eles são coletados e armazenados, com quem são compartilhados, quem possui o acesso, por quanto tempo serão armazenados e por qual motivo eles estão sendo mantidos.

  • Tenha regras e níveis de proteção definidos

Possuir um controle de acessos dos colaboradores da empresa é fundamental para ter uma segurança de dados eficiente, já que algumas vezes até a falta de conhecimento com o uso de determinadas ferramentas pode trazer danos.

Ao criar níveis de proteção e permissão para acessar diferentes arquivos é uma excelente maneira de aumentar a segurança das informações mantidas pela empresa. O acesso à rede pode ser controlado por departamentos, tipos de clientes, times, entre outros. 

É importante compreender qual é e realizar uma segmentação de acesso que funcione para você, sem que ela prejudique o andamento do trabalho da sua equipe.

  • Revise suas políticas de segurança de informação

Suas políticas de segurança da informação devem explicar os procedimentos realizados a fim de proteger os dados mantidos pela empresa, explicando de maneira clara como é realizada essa proteção e o que se espera de quem trabalha com as informações.

A LGPD em si não informa quais são as políticas consideradas necessárias, no entanto, informa regras que devem ser seguidas para garantir a proteção.

  • Invista em soluções que ofereçam segurança

Soluções em nuvem são essenciais para quem deseja manter dados preservados, considerando que são extremamente seguras, pois cumprem diversos requisitos. 

Por exemplo, o PrintWayy Dragon é um software que tem seus servidores em 02 nuvens privadas, o Microsoft Azure e o IBM Cloud, que juntos constroem o mais seguro ecossistema de cloud.

A nuvem Microsoft Azure é a número um no mundo com o maior número de certificações e auditorias realizadas, com foco em segurança de dados, qualidade de armazenamento, confiabilidade, privacidade e disponibilidade.

  • Treine todo o seu time

Conhecimento, conforme já abordamos por aqui, é muito importante! Para isso, investir no treinamento dos colaboradores, para mostrar a eles a importância da segurança e proteção de dados e, quais são as atitudes que devem ser tomadas por eles, para impedir vazamentos e como fazer o tratamento das informações é essencial. 

Fale com todos os departamentos e defina estratégias, além de investir na realização de cursos, webinars, palestras e materiais para leitura – o que melhor se adequar às suas necessidades.

  • Revise seus contratos

Isso vale tanto para os contratos que você possui com os seus clientes, e também para os que tem com fornecedores. Caso necessário, realize um novo contrato ou aditivo ao que já possui, prevendo o tratamento de dados pessoais. Essa atitude protege a todos os envolvidos nas relações contratuais.

  • Atente-se às mudanças da lei

Nenhuma lei está escrita em pedra, e elas podem sofrer alterações a qualquer instante. É necessário que você se atente a isso, para que esteja de acordo com as regras atuais estabelecidas nela. A busca por um apoio consultivo quanto a isso pode ser uma parte importante para auxiliar você em todo esse processo.


Continue navegando no Blog da PrintWayy e confira outros conteúdos que versam sobre segurança digital e em impressão! Veja a seguir quais são alguns deles e acesse:

Ilustração de um forte/castelo medieval simbolizando a segurança digital.

Ilustração de dois homens cada um ao lado de uma impressora multifuncional. A ilustração representa a segurança em impressão.

Share This