Conversa com Especialista – Examinando o mercado de outsourcing de impressão LATAM

por | jul 25, 2022 | Conversa com Especialista

Foto do entrevistado para a Conversa com Especialista, Luis Enrique Urrego, sobre o mercado de outsourcing de impressão LATAM.

Este artigo foi originalmente publicado no Blog da PrintWayy LATAM, em 22 de junho de 2022, e você pode acessá-lo por meio deste link

Aqui no Blog da PrintWayy procuramos trazer publicações para servirem como referências e fonte de conhecimentos ao outsourcing de impressão, a fim de auxiliar os negócios a manterem seu alto nível de desempenho, conseguindo assim ainda mais clientes. O seu sucesso é o nosso sucesso também!

Em continuidade a isso, a fim de fornecer a você uma visão sobre o seu mercado, apresentamos esta nova publicação da série Conversa com Especialista, onde convidamos Luis Enrique Urrego, Diretor de Soluções e Serviços LATAM da Allnet Integral Business para uma entrevista exclusiva.

A Allnet Integral Business atua no suporte comercial, assistência técnica, garantia e desenvolvimento de negócios que fornecem tecnologia em diversos segmentos de mercado. Possuem sua sede em Bogotá, na Colômbia, e prestam serviços para toda a região latinoamericana.

Acompanhe toda a nossa conversa, que está disposta logo abaixo. Você não irá se arrepender!

Conversa com Especialista:

Luis Enrique Urrego – Diretor de Soluções e Serviços LATAM da Allnet Integral Business

Mercado de outsourcing de impressão na América Latina

Foto e resumo profissional de Luis Enrique Urrego.

PrintWayy: Olá Luis Enrique, é com muita satisfação que eu informo que você está inaugurando a categoria Conversa com Especialista no Blog da PrintWayy LATAM! Gostaria que você iniciasse o nosso bate-papo com uma apresentação sobre a parceria que a Allnet possui com a PrintWayy, e o que ela tem a agregar para o outsourcing de impressão.

Luis Enrique Urrego: O trabalho que ambas as empresas estão desenvolvendo visa fornecer aos IT Partners uma solução de monitoramento que ajude a melhorar seus serviços e ter o controle dos dispositivos instalados com uma ferramenta confiável, fácil de gerenciar e com muitas capacidades para trabalhar em ambientes diferentes e variados integrando todos as marcas do mercado.

 

O objetivo final é que o Parceiro de TI gere economia em sua operação, controle de custos e gestão abrangente de incidentes, melhorando sua lucratividade total.

PW: Quais os maiores desafios que ainda estão sendo enfrentados pelo outsourcing de impressão na América Latina, os quais impedem sua expansão?

LEU: São vários, dentre os mais notáveis ​​está a transformação na forma como os IT Partners tradicionalmente gerenciam seus processos com seus clientes, ou seja, eles devem transformar seus processos e nós (Allnet Integral Business e PrintWayy) devemos levá-los a utilizar ferramentas tecnológicas que permitam a gestão da operação centralizada em ambientes totalmente descentralizados.

 

Outro desafio é sair da forma tradicional de analisar e cotar projetos sem usar técnicas para tratá-los como projetos reais e não usar ferramentas de tecnologia de suporte com estatísticas de uso, duração e métricas para analisar e validar a viabilidade junto com a rentabilidade dos projetos entre outros.

 

Por último, e talvez o mais destacado, é que os tradicionais parceiros de TI ainda não foram além de lidar com uma operação transacional de venda de equipamentos e suprimentos. Eles devem se transformar e migrar para o segmento de serviços com processos de Management Print Services (MPS) – Gerenciamento de Serviços de Impressão.

 

A isso devemos somar dois anos de Pandemia que gerou uma retração nos processos de outsourcing expansivos, mas isso faz com que os IT Partners evoluam para oferecer serviços profissionais e tomar opções que lhes permitam melhorar e expandir sua operação.

PW: Tendo em vista o andamento do mercado de impressão LATAM, há alguma perspectiva de mudanças no cenário para os próximos 05 anos?

LEU: Claro que sim. Felizmente, há novos desafios nesta linha, mas eles exigem uma mudança tecnológica e estratégica dos Parceiros de TI, contando com ferramentas de SW, melhores processos e uma mudança na mentalidade de trabalhar com recursos humanos, sendo mais profissional em suas tarefas, mais especializadas.

PW: Você pensa que existem áreas específicas que os provedores precisam ficar atentos, que estão em uma crescente?

LEU: Uma de suas principais áreas é a pré-venda e análise de projetos, gestão de projetos e áreas de atendimento especializado e integrador.

PW: Quais são as tecnologias que você acredita serem relevantes e indispensáveis para a inovação nos ambientes de impressão?

LEU: O mais importante é a forma como eles obtêm informações sobre os projetos e como ter controle quando já estão em operação, sendo não apenas um prestador de serviços, mas também um aliado de seus clientes. 

 

Para isso, eles devem usar ferramentas multimarcas fáceis de implementar e com análises úteis, tanto para os primeiros passos quanto para manter os custos e a qualidade do serviço sob controle durante todo o período do contrato.

PW: A pandemia de COVID-19 trouxe muitas alterações para a rotina das empresas, tanto as que contratam quanto as que fornecem os serviços de outsourcing. Como o setor vem atravessando essas adversidades?

LEU: Tiveram de se ajustar e reinventar adaptando-se a uma nova realidade, uns não reagiram dinamicamente a esta realidade saindo do mercado, outros ajustaram-se a esta realidade encontrando novas oportunidades de mercado, procurando novos e estruturados serviços que prestam a si próprios e aos seus clientes.

PW: De que maneira a Allnet procura auxiliar os seus clientes a expandir suas empresas e evoluir em seus contratos de outsourcing?

LEU: A Allnet IB o faz graças a uma equipe humana com mais de 18 anos de experiência, conhecimento do mercado regional e com capacidade de transferir conhecimento e apoiar Parceiros de TI que buscam uma mudança em sua operação tradicional integrando as melhores soluções de software que estão em nosso ecossistema.

PW: Existe a valorização desse serviço aqui em nossa região? Esse entendimento se modifica dependendo de qual país estamos falando?

LEU: Claro que sim, ao voltar à normalidade com o retorno dos funcionários, os problemas dos sistemas de impressão voltam, as empresas não resolveram os problemas em 2020 e ainda estão trabalhando para resolvê-los. 

 

Hoje é quando os Parceiros de TI têm que aproveitar para oferecer diferentes serviços de impressão e resolver esses problemas em seus clientes. Alguns têm trabalhado nos últimos meses para aproveitar o mercado. A Allnet IB está trazendo ferramentas de primeira linha, como PrintWayy, para parceiros de TI e clientes.

 

Não necessariamente muda o entendimento, são formas diferentes de olhar o assunto, mas no final todos querem melhorar seu funcionamento e é aí que a ALLNET IB consegue acompanhar essas tarefas.

PW: Qual seria o seu maior conselho, Luis, a quem deseja começar a empreender no ramo de outsourcing de impressão, mas que não sabe por onde iniciar?

LEU: É um caminho difícil e o mais importante é conquistar a confiança de seus clientes com conversas, serviços e processos profissionais, apoie-se desde o início com soluções que auxiliem no controle e gestão de suprimentos, gestão de incidentes e controle de estoque, ou seja, para estruturar a operação para que seja rentável e mensurável.

PW: Você possui contato com diversas empresas desse setor, situadas em inúmeros países. Considerando isso, como você vê que elas se colocam à frente da concorrência? Há algum diferencial competitivo que as auxilie?

LEU: Claro que sim,  alguns estão dando o salto, buscando se aventurar ou reengenharia de seus atuais processos comerciais e técnicos, esse é um processo que leva tempo e é aí que ajudamos a acelerar esse processo de forma assertiva para melhorar seus processos. As vantagens competitivas são a experiência e ferramentas tecnológicas como a PrintWayy bem gerida e explorando o seu potencial.

PW: Na sua opinião, as tendências tecnológicas estão sendo acompanhadas por empresas que atuam nos serviços de impressão da América Latina?

LEU: Alguns entenderam, uma pequena parte dessas empresas, principalmente as maiores que têm presença regional e local que são dinâmicas, se adaptaram e seguem essas tendências. Outros procuram uma mudança e quem os pode ajudar e finalmente outros apostam em modelos tradicionais que não têm um futuro promissor.

PW: Como você enxerga a temática proteção e segurança de dados e como ela tem influenciado os tomadores de decisão na contratação de serviços?

LEU: É uma questão que se expandiu em que as empresas investem dinheiro em proteção no manuseio da informação, acessibilidade a ela, temos na América Latina uma lacuna muito grande na migração de serviços e soluções em ambientes cloud, claro em ambientes seguros e certificados plataformas. 

 

A tomada de decisão é mais rápida se você tiver acesso a ela e se tiver análises com integração a sistemas de controle maiores, quem possui ferramentas desse tipo a utiliza não apenas para decidir e gerenciar, mas também como um valor agregado para seus clientes onde comparam os clientes que possuem esses diferenciais na operação.

PW: Ficamos muito felizes em vocês aceitarem nosso convite, para conversar com nosso público sobre tecnologia e o mercado latino americano, algo que você conhece muito e vivencia diariamente! Obrigada por vir fazer parte e agregar conhecimento e informação de qualidade ao nosso conteúdo.


Você gostou da nossa conversa? Compartilhe a publicação com seus colegas, e demais profissionais que você acredita que se interessaram por ela.

Além de encontrar publicações frequentes aqui no blog, você também poderá receber em seu email nossa newsletter, a NewsWayy, uma curadoria de conteúdos tão interessantes quanto o que você acabou de ver por aqui. Clique e faça parte!

Share This